Saiba qual a unidade mais próxima de você!



A cooperativa da sua família.

Diferente das grandes redes que existem no País, a Coop não é um supermercado. Somos uma Cooperativa de Consumo e faz grande diferença.

O nosso objetivo não é obter lucro, mas sim prestar um serviço à sociedade, promovendo o cooperativismo, a sustentabilidade e a responsabilidade social. Ao fazer as suas compras na Coop, você encontra preços competitivos, serviços de qualidade e também pode se tornar um dos nossos cooperados para participar de decisões importantes e aproveitar todos os benefícios da nossa cooperativa.

Com mais de 60 anos de história, a Coop é a maior Cooperativa de Consumo da América Latina e, ainda, assume a 15ª posição no ranking nacional de supermercados, segundo a ABRAS (Associação Brasileira de Supermercados). São 29 unidades distribuídas pelo Estado de São Paulo, que se destacam pelo apoio a projetos sociais e pelos trabalhos realizados junto às comunidades onde elas atuam.

Visão

Ser, para os cooperados, a melhor empresa de varejo, nas comunidades onde atua, seguindo os princípios cooperativistas.

Missão

Oferecer aos cooperados as melhores condições de acesso a bens e serviços.

Valores

  • • Cooperativismo como filosofia.
  • • Cooperados como razão de existir.
  • • Promover o fortalecimento e a divulgação do cooperativismo.
  • • Manter compromisso com a comunidade e com o meio ambiente.
  • • Trabalhar no desenvolvimento dos cooperados e no aprimoramento contínuo dos nossos colaboradores.
  • • Incentivar o ambiente participativo e a criatividade.
  • • Praticar a ética sempre.
  • • Estabelecer uma relação justa com os fornecedores e demais públicos.
  • • Buscar excelência, o pioneirismo e a inovação permanente em relação ao mercado.

História

Acompanhe a trajetória da Coop ao longo dos anos.


Cooperativismo

O que é Cooperativismo?

As cooperativas se baseiam em valores de ajuda mútua, responsabilidade, democracia, igualdade, equidade e solidariedade. O cooperativismo nasceu no final do século 19, na Inglaterra dos tempos da Revolução Industrial, quando 28 tecelões se uniram para fundar uma sociedade com uma visão diferente de mercado. Ela buscava ser uma alternativa econômica ao capitalismo acelerado da época, que causava aumento exagerado nos preços, desemprego e jornadas de trabalho cansativas para mulheres e crianças.

Com o passar dos anos, mais pessoas foram aderindo e a noção de cooperativismo foi se adaptando aos novos tempos. A essência, no entanto, continua a mesma. De acordo com a definição proposta pela Aliança Cooperativa Internacional (ACI), cooperativa é uma associação de pessoas que se unem, voluntariamente, para satisfazer aspirações e necessidades econômicas, sociais e culturais comuns, por meio de uma empresa de propriedade comum e democraticamente gerida. É uma cultura baseada na solidariedade, confiança e na ação coletiva.

1

As cooperativas são organizações abertas à participação de todos, independentemente de sexo, raça, classe social, opção política ou religiosa. Para participar, a pessoa deve conhecer e decidir se tem condições de cumprir os acordos estabelecidos pela maioria.

2

Os cooperados, reunidos em assembleia, discutem e votam os objetivos e metas do trabalho conjunto, bem como elegem os representantes que irão administrar a sociedade. Cada cooperado representa um voto, não importando se alguns detêm mais cotas do que outros.

3

Todos contribuem igualmente para a formação do capital de uma cooperativa. Se a cooperativa obtém uma receita maior que as suas despesas, este excedente será dividido entre os cooperados proporcionalmente ao volume de operações de cada um. O restante poderá ser destinado para investimentos na própria cooperativa ou para aplicações, sempre de acordo com as decisões tomadas em assembleia.

4

O funcionamento de uma cooperativa é controlado pelos seus cooperados, que são os donos do negócio. Quaisquer acordos firmados com outras organizações e empresas devem garantir e manter essa condição.

5

É objetivo da cooperativa destinar ações e recursos para formar seus cooperados, capacitando-os para a prática cooperativista, além de informar ao público geral sobre as vantagens da cooperação organizada, estimulando o ensino do cooperativismo nas escolas.

6

Para o fornecimento do cooperativismo é importante que haja intercâmbio de informações, produtos e serviços entre as cooperativas, sempre que possível, dinamizando o setor como atividade socioeconômica.

7

As cooperativas trabalham para o bem-estar de suas comunidades, com programas de responsabilidade social, realizados isoladamente ou em parceria com o governo e outras entidades civis.

O que é ser um Cooperado?

Os cooperados participam ativamente das cooperativas, com uma série de direitos e deveres definidos. Conheça os princpais:

Direitos

  • • Ser consumidor e usuário dos serviços oferecidos pela cooperativa.
  • • Participar das atividades econômicas, sociais e educativas.
  • • Receber retorno das sobras proporcional ao valor de operações.
  • • Participar das assembleias gerais, decidindo pelo voto os assuntos de interesse da sociedade.

Deveres

  • • Debater ideias e decidir, pelo voto, objetivos e metas.
  • • Respeitar as decisões votadas nas assembleias gerais que representam a vontade da maioria.
  • • Zelar pelo interesse comum e autonomia da sociedade.
  • • Denunciar, sempre, os procedimentos indevidos.
  • • Colaborar no planejamento, funcionamento, avaliação e fiscalização das atividades.
  • • Estimular a integração da cooperativa com o movimento cooperativista.

O produto foi adicionado ao carrinho com sucesso!

Voltar ao Topo