RECEITA – Macarrão ao Molho de Tomate Legumes e Tilápia

Aprenda a fazer este prato autoral para a Páscoa!



Um restaurador de carros antigos que cozinha com maestria e delicadeza. Esse é o nosso Cooperado



Sorte daqueles que fazem parte do grupo de amigos do nosso Cooperado André Luiz Correa e apreciam uma boa comida à mesa. Restaurador de carros antigos por profissão, ele é apaixonado pela culinária e por dividir suas experiências culinárias com os colegas e familiares.

 


MÃOS À MASSA

O envolvimento do chef cooperado no preparo de qualquer iguaria equivale (guardadas as devidas proporções) ao cuidado dedicado a uma Ferrari ou Lamborghini, carros de luxo que ele restaura na Studio Salzano, empresa instalada na Mooca, onde André trabalha atualmente.

Tem perfeição no corte dos alimentos, respeito ao tempo do preparo e exatidão na dosagem dos temperos, sem contar a preferência por produtos frescos e de boa qualidade.

Para elaborar a receita da Páscoa, André já avisa que o espaguete não deve ser quebrado jamais, algo considerado crime pelos italianos. Além disso, ensina que o cozimento da massa dispensa o uso de óleo, que impede a absorção do molho. “O ideal é temperar a água com sal grosso, seguindo a tradição italiana”, ensina.

Outra dica é manter os cabinhos da salsinha no preparo do molho para potencializar o aroma. Quanto ao peixe, basta deixá-lo por alguns minutos temperado com limão-siciliano, que se encarrega de cozer a tilápia. Aí, é só selar.

PASSADO E FUTURO  

Com tamanho encanto pelo universo culinário dá para imaginar que o sonho desse cozinheiro de plantão seja se profissionalizar numa renomada escola de gastronomia, como a francesa Le Cordon Bleu, a mais tradicional escola de cozinha no mundo, certo? Que nada! “Não tenho essa pretensão, quero mesmo é continuar fazendo o que sei e que gosto para compartilhar bons momentos com os amigos em torno da mesa”, destaca.

E, se rolar um punk rock na jogada, aí a harmonização estará completa. Essa é outra grande paixão que o acompanha desde a adolescência, influenciado pela banda punk californiana Dead Kennedys. Na década de 1980, temporada das festas de garagem, o cooperado e seus amigos chegaram a montar uma banda, com ele na guitarra, com acordes rápidos e letras ácidas. “Fui um adolescente rebelde, mas com causa”, brinca.

A vocação de André pela cozinha foi herdada do pai, Geraldo, que era mineiro e tinha pratos marcantes como a feijoada preparada no fogão de lenha, o feijão com caldo grosso, o arroz com salsinha salpicada por cima, a galinha caipira e a goiabada caseira preparada no tacho.

  “São minhas raízes mineiras que levo para a vida toda, acompanhada da culinária italiana.”

- André Luiz Correa

 
Vale apostar na receita sem receio de errar. Apesar de nunca ter frequentado uma escola oficial de gastronomia, o cooperado adquiriu na prática um vasto conhecimento do forno e fogão.

O único curso culinário em sua vida de 49 anos foi um de massas e molhos, feito em 2017, ao virar amante da cozinha italiana.

Mas seu vocabulário, domínio das técnicas e dos acessórios da cozinha, além das dicas e truques certeiros, comprovam seu talento na criação de pratos. Duvida? Então, confira a habilidade dele nas redes sociais da Coop no passo a passo do preparo da pasta com tilápia e depois conta pra gente, ok?




Macarrão ao Molho de Tomate, Legumes e Tilápia





INGREDIENTES



• 400 g de filé de tilápia sem pele e sem espinhas
• 500 g de espaguete
• 2 kg de tomates bem maduros
• 1 cebola média
• 1 cenoura pequena fatiada
• 1 abobrinha italiana pequena ralada
• 1 limão-siciliano
• 3 dentes de alho
• Azeite português extravirgem Coop
• Salsa, cebolinha, manjericão, sal e pimenta-do-reino
• 1 dose de vinho branco
• 5 litros de água para cozinhar o macarrão
• Sal grosso

PREPARO



Corte o peixe em cubos, tempere com sal, pimenta, alho triturado e suco de meio limão. Reserve.

Pique a cebola, a cenoura e os talos de salsinha e corte grosseiramente os tomates. Rale a abobrinha e reserve.

Numa panela, frite a cebola e 1 dente de alho amassado, coloque a cenoura e deixe em fogo baixo por 5 minutos. Em seguida, adicione os tomates, manjericão, sal e pimenta-do-reino a gosto.

Cozinhe em fogo baixo por 40 min mexendo bem para desmanchar os tomates e encorpar o molho.

Coloque a água numa panela grande, leve ao fogo e, quando ferver, adicione um punhado de sal grosso. Deixe diluir para acrescentar o macarrão e cozinhar até o ponto al dente.

Numa frigideira grande, despeje um fio generoso de azeite e doure o alho restante. Retire o alho, reserve salteie o peixe na frigideira em fogo alto por 2 minutos.

Coloque a abobrinha ralada e raspas de limão e continue salteando, acrescentando uma pitada de sal e pimenta.

Adicione uma dose pequena de vinho e deixe reduzir. Em seguida, na mesma frigideira, coloque o molho, mexa e deixe harmonizar os ingredientes.

Incorpore o macarrão, o alho reservado e misture ao molho, finalizando com salsinha picada e manjericão.

 

Aprenda essas e outras receitas na Revista Coop!



Veja também

Utilizamos cookies para melhorar sua experiência de navegação e obter estatísticas de visitas.

Ao continuar você aceita os termos da nossa política de privacidade de dados.